sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Cálculos básicos para conseguir morar fora do país.

O que significa viver "confortavelmente" é, claro, subjetivo. Um casal pode viajar o mundo com menos de US$ 30 mil por ano, enquanto outro pode se esforçar para manter seu estilo de vida preferido fazendo US $ 500 mil por ano na cidade de Nova York.
No entanto, uma boa regra é viver pelo plano 50/30/20. Ou seja, gastar 50% de sua renda em necessidades (como habitação e comida) e 30% em itens discricionários (como viagens e entretenimento) e economizando 20% restantes, para eventuais gastos.
No entanto, o custo de vida e os salários variam de uma cidade para outra, por isso, enquanto você pode conseguir esse orçamento com facilidade em alguns lugares, em outros, é uma tarefa muito mais desafiadora. Na verdade, em muitos locais, a renda mediana está bem abaixo do que seria necessário viver confortavelmente sob a orientação 50/30/20.
Para o seu último relatório sobre a renda necessária para pagar a vida nas 50 maiores cidades da América, se examinou as seguintes despesas mensais para uma pessoa única que vive nas maiores cidades dos EUA por população:
      Habitação: a renda mediana para um apartamento de um quarto em cada cidade, proveniente do índice de locação de janeiro de 2017
      Mercearias: a quantidade recomendada relatada pelo banco de dados de custo de vida varia para cada cidade
      Utilidades: o custo médio de um apartamento ou uma kitinete em cada cidade, de acordo com as estimativas de custo, vai variar de cada cidade
      Transporte: custos de acordo com cálculos para cada cidade ou sua área metropolitana mais próxima
      Seguro de saúde: valores estimados no nível estadual para 2016 multiplicou o custo mensal total das necessidades para cada cidade em 12 para obter o custo anual.

Para viver de acordo com a regra 50/30/20, uma pessoa precisaria ganhar o dobro do valor de suas despesas, então se dobrou o custo total das necessidades para chegar ao total de renda recomendada para cada cidade. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário