domingo, 21 de maio de 2017

Comidas Típicas Brasileiras Para Agradar os Gringos.

Churrasco, feijoada, brigadeiro e caipirinha - 4 sabores completamente distindos e iguarias do nosso país. Não se encontram em qualquer lugar e podem dividir opiniões. Há quem ame e há quem odeie! Mas é uma boa opção caso queira montar um prato especial para algum gringo que está passando por aqui, ou vai viajar visitar alguém especial e bateu aquela vontade de apresentar um pouco da nossa cultura para o outro.
Particularmente acho que a comida é um fator da cultura que pode ser considerado um dos mais importantes e ele muda muito em cada região. Experimentar novos gostos, texturas e aromas é algo único e que deve ser aproveitado. Então quando viajar, permita-se comer tudo o que quiser e puder.
A feijoada é uma boa pedida, pois é a cara do nosso Brasil. Ao contrário do que muitos acreditam, não herdamos dos escravos mas sim foram feitas várias modificações em um prato que já existia, até que seurgiu o que conhecemos coma  feijoada. Ela reúne grãos de feijão preto e pedaços de carne de porco nem tão nobres assim. O tempero varia, mas um louro é quase que obrigatório e o resultado final é sempre muito bom.

Cachaça, foi descoberto nas fazendas de engenho. O sumo da cana fermentava e se transformava em uma água que evaporava e se acumulava nos telhados, pingando lentamente. Essa água ia nos machucados dos escravos e daí surgiu seu nome - aguardente. Juntaram a cachaça com limão e açúcar e criaram um drink pra lá de especial - a caipirinha. Vale a pena experimentar.
O churrasco recomendo ir em um lugar especializado, o gringo poderá experimentar vários cortes e ver como funciona o restaurante por aqui, se deliciando com diversos sabores.
O brigadeiro é uma receita muito simples. Junta basicamente leite condensado e chocolate em pó. Acredite - todo mundo adora! Não sei como ainda não aderiram a essa maravilha em outros países. Além de fácil de fazer, é um sabor que todo mundo adora.

Depois de servir tudo isso, duvido que qualquer um queira ir embora! É tudo muito delicioso! Bon apetit!

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Inglês Online - Vale a Pena ou Não Vale?

Falar inglês é primordial para ter acesso às melhores vagas de empresas e conteúdos, tanto digital quanto conteúdos online. Mais de 80% de toda internet possui conteúdos em inglês e apesar das ferramentas de tradução, como o Google tradutor, é preciso falar em inglês caso queira se comunicar com outras pessoas com sucesso. Além disso, é quase que obrigação falar inglês para um curriculum bom e completo e para viajar sem passar perrengues e dificuldades.
Uma dificuldade que as pessoas encontram hoje para se formar em um novo idioma e aprender uma nova linguagem é a falta de tempo! Então a procura por cursos de inglês através de plataformas online tem crescido a cada dia mais. Muita gente busca o aprendizado e acaba optando por fazer isso no conforto de seu próprio lar. Sem falar que os horários são flexíveis e é possível estudar na hora que lhe for mais conveniente. Pesquisei vários cursos e se quiserem uma indicação recomendo o inglês com a Carol me Ensina (clicando no link você vai ser redirecionado para um site que explica bem sobre ele). Mas o foco aqui não é esse.

Enquanto umas adoram e jamais trocariam os curso de inglês online por aulas em cursos presenciais, outros tem receio em se matricular em aulas online. Se for fazê-lo tenha em mente que para aprender é preciso disciplina, se você acha que não vai cumprir as horas necessárias, pule fora e opte por aulas comuns. Lembre-se mesmo que em cursos presenciais é necessário fazer atividades e estudar em casa.

Uma dica importante é estudar 20 horas semanais e não ter medo de tirar suas dúvidas. Até mesmo as plataformas digitais fornecem professores para responder o que você precisa. É comum que a dúvida venha na sua cabeça fora do horário de estudos, então anote-a para que seja respondida na próxima vez que se conectar. Essas foram nossas dicas. Lembre-se que com esforço tudo é possível.